Segurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estação

Filho de um representante comercial e de uma dona de casa, Guilherme Leão mora com a mãe e os avós em Artur Alvim,

20/03/2014 - 14:58
Ele diz que a parte que mais gosta de seu trabalho é o contato com o público
Ele diz que a parte que mais gosta de seu trabalho é o contato com o público
Foto: Epoca

As manifestações populares que eclodiram em junho do ano passado em todo o país marcaram a história do Brasil e também a vida do paulistano Guilherme Leão, um dos 1,2 mil seguranças do metrô de São Paulo. Naquela época, o monitoramento das estações do centro da capital paulista teve de ser reforçado nos horários de protestos. Em um deles, Leão foi convocado para substituir um colega na estação Trianon-Masp. Do lado de fora, uma morena de olhos claros, a modelo Thais Belmonte, estava tirando fotos suas, escondida. Ele fingiu que não percebeu o "miguezinho", mas retribuiu o olhar. Em seguida, trocaram telefones. Há cinco meses, estão namorando.

Desde que começou a trabalhar como segurança no metrô, o modelo Guilherme Leão, de 22 anos, foi se acostumando com os xavecos das passageiras. Nesta semana, ele viu o assédio tomar propoções gigantescas. Após o site Flagrei, que posta fotos enviadas por usuários de homens bonitos em locais comuns, publicar uma imagem de Leão feita pelo celular de uma passageira, a foto do segurança começou a circular nas conversas de Whatsapp, murais do Facebook e Instagram. Sempre acompanhadas por legendas divertidas, como "Minha Nossa Senhora do Bilhete Único", "Só pode ser na Estação Paraíso" e "Seu guarda seja meu amigo, me bata me prenda, faça tudo comigo". No Facebook, a foto de Leão foi curtida por mais de 46 mil usuários na página do blogueiro Hugo Gloss e mais de 176 mil no perfil da personagem Gina Indelicada. "Da noite pro dia, minha vida mudou", diz o segurança. "No começo, fiquei assustado. Confesso que agora estou gostando."

Filho de um representante comercial e de uma dona de casa, Guilherme Leão mora com a mãe e os avós em Artur Alvim, na Zona Leste de São Paulo. Estudou a vida toda em colégio público. Quando concluiu o Ensino Médio, decidiu seguir os conselhos que tanto ouvira na adolescência para investir na carreira de modelo. Acompanhado pela avó, foi a uma agência fazer testes. Mesmo sem experiência com fotos, foi contratado na hora. Como no início tinha poucos trabalhos, prestou concurso público para segurança da Companhia do Metropolitano de São Paulo. Entre mais de 5,7 mil candidatos, foi classificado em 63º lugar. Mas demorou quase dois anos e meio para ser chamado a ocupar uma vaga. Nesse meio tempo, surgiu a oportunidade de passar três meses trabalhando como modelo na China. Sem respostas do metrô, acabou prolongando a viagem para um ano. Quando foi chamado para ocupar a vaga de segurança, no início de 2012, Leão largou tudo e retornou ao Brasil. "Procurava um emprego que me proporcionasse estabilidade financeira", afirma.

Como agente de segurança metroviária, Leão recebe quase R$ 2,6 mil por mês, incluindo bonificações. Trabalha fardado, todo de preto, e não porta armas letais. Às passageiras interessadas, ele atua no período da tarde e da noite, na base da estação da Sé. Para a infelicidade delas, é preciso ter sorte para encontrá-lo. A cada dia, ele é orientado por seu supervisor a trabalhar em uma determinada estação. Entre suas funções, estão orientar passageiros perdidos, separar eventuais brigas e zelar pela segurança da estação.

"Do que mais gosto no meu trabalho é o contato com o público. Adoro poder dar informações aos passageiros." Ele diz que acha graça quando vê alguém subindo pela primeira vez uma escada rolante ou se encantando ao conhecer o que é um metrô. "Aqui (na estação da Sé) passam mais de 600 mil pessoas por dia. Tenho contato com gente de todos os tipos e cantos do país." Leão afirma que está ansioso para a Copa do Mundo e diz estar preparado para atender também os turistas estrangeiros. "Vou usar o inglês que aprendi, na marra, durante a temporada em que trabalhei como modelo na China."

Pela flexibilidade de horários, Leão consegue conciliar o trabalho com as atividades de modelo. Antes da fama repentina, ele costumava estampar editoriais de moda e catálogos para marcas de roupas e sites de e-commerce. Leão sonha agora em investir também na carreira artística. "Pretendo fazer um curso de teatro. Sempre que assisto a um filme ou novela fico me imaginando na tela. Sonho em trabalhar na televisão", diz Leão, que também não descarta cursar, em breve, a faculdade de publicidade ou de comércio exterior.

Thais, a namorada de Guilherme Leão, dá força ao namorado. "Espero que ele seja muito feliz com essa repercussão toda e que seus sonhos se realizem." No começo do namoro, Guilherme, "muito ciumento" segundo Thais, é que tinha que lidar com o assédio à namorada. A modelo, de 20 anos, já foi eleita musa do Clube Atlético Linense e ficou em terceiro lugar no concurso Gata do Paulistão de 2013, em que desfilou com pouca roupa e tirou fotos sensuais. Agora, o jogo virou. "Guilherme já era muito paquerado no trabalho, mas sempre fui tranquila e segura", ela diz. Quando percebeu a proporção da circulação das fotos, Thais diz que ficou em choque. "Fiquei uns dez minutos de boca aberta, sem qualquer reação." Passado o susto, Thais comemora a boa fase do namorado. "Ele é um homem muito batalhador e humilde. Merece as melhores coisas do mundo." Passageiras desapontadas, próxima parada: Consolação.

Conheça abaixo um pouco mais sobre Guilherme Leão:

Altura: 1,87 m

Peso: 80 kg

Olhos: Verdes

Signo: Gêmeos

Comida: Lasanha

Time de futebol: Corinthians

Ator: Mateus Solano

Atriz: Eva Mendes

Homem bonito: David Beckham

Mulher bonita: Minha mãe

Primeiro beijo: Aos 10 anos. Local: escola

Primeira vez: Aos 14 anos. Local: secreto

Parte preferida do corpo: Olhos

O que mais chama a atenção em uma mulher: Olhos e sorriso

Conquista infalível: Olhar 43

Viagem dos sonhos: Cozumel (México)

Filme: À espera de um milagre, de Frank Darabont)

Livro: O caçador de pipas, de Khaled Hosseini

Frase: "Pra quem tem fé, a vida nunca tem fim" (trecho da música Anjos, da banda O Rappa)

Medo: Perder alguém que amo

Segurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estaçãoSegurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estaçãoSegurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estaçãoSegurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estaçãoSegurança-modelo do metrô de São Paulo conheceu sua namorada durante protesto em estação

FONTE: Época

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo